quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Um Livro Muito Interssante

Quando compro livros, no geral, sei aquilo que compro. No ano passado comprei uma biografia dos Médicis e sabia que de romance aquilo ia ter muito pouco. Não me desiludi.

Agora que estou a ler esta livrinho à vossa direita: "A Serpente e a Lua" da Princesa Michael de Kent só me apetece cortar os pulsos. A sério. 


Não sei se a ideia da Senhora era fazer um romance ou uma biografia, desisto de tentar perceber o que ia na cabeça da mulher. O livro parece-se horrorosamente com as minhas aulas de Literatura Portuguesa do Romantismo ao Naturalismo:

" - Aos 10 anos o autor comprou um par de botas, aos 11 rompeu-as e aos 12 comprou outras..."

Para ajudar à coisa, se estámos a falar do Rei Henrique por que é que precisámos de ser trucidados com uma dissertação completa desde o tempo das suas bisavós? Ainda bem que a Senhora é realeza e deve ter pipas de massa por que no que depender de mim não compro mais nenhum livro dela.

terça-feira, 25 de Novembro de 2014

Pan [Trailler]


Tenho de ir ver isto ao cinema, custe o que custar...


Necessidade vs Realidade

Tenho esta ideia parva de que o interesse de uma pessoa se pode medir pela quantidade de vezes que ela nos fala ou pela quantidade de coisas que diz, se fala muito ou pouco. Agora, graças a Deus, estou a ganhar juízo e a compreender que, mais do que falar muito, importa falar na altura certa, falar quando não se espera que essa pessoa abra a boca...

Fifth Harmony - Sledgehammer [Video]

segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Eles Conhecem-me

[Jantar. Postas de bacalhau com batata cozida]:

Mãe: " - O teu filho gosta das mais grossas..."


Eu não sou esquisito, além disso, entre ter de esoclher entre grossas ou compridas, prefiro compridas...

domingo, 23 de Novembro de 2014

Sobre O Caso Do Padre De Canelas

É raro ver noticiários, em verdade, é raro ver televisão nos dias que correm. No entanto das poucas vezes que liguei a minha nos últimos dias vi peças relativas a esta situação. É um óptimo modo de verificarmos a dualidade bom cristão/manifestante possuído pelo diabo que ataca aquela população. É engraçado como todos os valores cristãos são atirados na sarjeta só por que o pároco não é o mesmo. E o novo padre, que culpa tem disso? É quase como culparmos um um entregador de pizzas da precariedade das pizzas que a companhia vende, não faz sentido, é estar a ladrar à árvore errada. 

Outro facto fantástico é a quantidade de pessoas que se junta para se manifestar junto à igreja ao longo do dia, como se aquilo fosse um afazer do dia-a-dia. 

8h00 - tomar banho
9h00  - depilar o buço
10h00 - berrar à porta da igreja

Plus, e não me venham cá comer por parvo, a quantidade de pessoas que se junta para berrar na missa das sete da tarde deve ser bem maior do que a quantidade de pessoas que efectivamente ia à missa das sete da tarde.

Como diz a minha rica mãezinha, é gente que não tem que fazer.

sábado, 22 de Novembro de 2014

Major Lazer - All My Love [Audio]


Ás vezes a minha irmã consegue surpreender-me e mostrar-me músicas de que venho eventualmente a gostar.


Falar Ou Não Falar

Se há coisa que me deixa possesso é ouvir o meu pai a mandar-me perguntar 1001 coisas que não lhe dizem respeito de forma a que eu faça as mesmas perguntas aos meus patrões. Tudo para no final me dizer:

" - Ai deixa estar, não perguntes que eles podem ficar chateados...".

Se a cobardia é assim tanta, só o facto de abrir a boca devia ser merecedor de um Nobel da valentia.

quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Uma Novidade Na Minha Vida Amorosa!

Esta é uma altura em que eu devia morder a língua, e repetir mil e uma vezes o dizer de " nunca digas desta água não beberei". Estou eu há três dias a falar dele em "O Complexo Da Velhice" para no dia seguinte combinar sairmos e hoje, voilá,o nosso, vá, terceiro encontro [o segundo foi no meu local de trabalho, nem devia contar]. God, estava a ver que ia acabar o ano sem novidades, brindemos a isso.


Estávamos com longos casacos pretos a condizer e tudo, how cute is that?


Vamos todos parar um bocado para reflectir no facto de eu não fazer a mínima ideia de qual era o nome dele, varreu-se-me completamente, até que ele o utilizou num exemplo hipotético e eu aproveitei a deixa, para não me voltar a esquecer! 

Lembrou-se de me mostrar uma foto sua numa corrida qualquer e ia tendo uma epifania, parecia-se com um Professor de Cultura Clássica que tive na Universidade. 
E isso não foi nada bom de se dizer, diga-se de passagem por que esse Professor era feio até dizer chega e este meu amigo, bem, you know...

Soube que ele, afinal, consegue ser ainda mais velho do que os meus pais, ok, não é que me incomode, só é um bocadinho, hum, creepy... 


Enquanto estávamos a tomar café, a falar sobre livros e afins, dizia-lhe eu que andava com muita dificuldade em encontrar "Os Miseráveis" de Vitor Hugo à venda, ou não encontrava ou encontrava a preços exorbitantes. Nisto, ele levanta-se de rompante e diz-me, com ar de poucos amigos "Anda, despacha-te!"


" Olha fizeste uma bela cagada, ainda não se passou meia-hora e o homem já se quer ir embora!" - pensei eu... Isto por que entre os nossos múltiplos temas de conversa já tinhámos falado umas três vezes de eu ter de ir comprar salmão ao Pingo Doce e eu já tinha medo de ter dito mil e uma porcarias para afugentar aquele homem...

" - Vamos a minha casa num instante antes de eu ir trabalhar, eu tenho lá o livro e empresto-to..." - foram estas as palavras que saíram da boca dele.




Sei que a maioria das pessoas fica sempre de pé atrás, mas vá ele não me ia fazer mal nenhum, não me ia comer nada que nunca me tivessem comido... Plus, eu já saí com um talhante do Pingo Doce, que me podia ter todo um sortido de facas na cozinha e saí de lá vivo! [o pior encontro da minha vida, e chega!] .

Já em casa dele, vira e revira, livro de grilo... 

Eu: " - Que pena, ia usar a desculpa de te entregar o livro para te ver outra vez mas parece que já não vai dar..."

" - Não te preocupes que a gente vê-se antes do fim-do-ano".

" - Olha que eu faço anos logo no início do ano, por isso é bom que estejas a falar a sério!"




Enquanto íamos embora, de volta ao metro, ele continuava na insistência de trautear o "I'm A Baby Girl" dos Aqua, mais para me arreliar do que por outra razão então eu decidi ensinar-lhe a versão da Kelly Key. Para maluco, maluco e meio.

" - Não te preocupes com o facto de eu poder vir a bater-te à porta a meio da noite um dia destes, é que eu não faço a mínima ideia de onde estou!" - confessara-lhe eu minutos antes de lhe ensinar a música. Eu sabia em que zona da cidade estava, mas nunca tinha andado por onde a gente andou... Com tiradas destas não admira que eu ainda continue solteiro... God...


No metro, demos de caras, na outra carruagem, com um colega do meu trabalho, acenei-lhe apenas. Espero que ele não vá dar com a língua nos dentes, não sem antes passar uma vergonhosa aula de Francês com ele. Por duas ou três vezes apeteceu-me espancá-lo, não no sentido porco da coisa, se é que me entendem...

No final, ficou a promessa de nos voltarmos a ver antes do fim do ano, já nos falámos outra vez hoje, pode não ser o Hugh Jackman mas interessa-me mais do que pela simples parte física. E isso hoje em dia, é um achado. Plus, não tem pressa de me levar para a cama, não sei se isso é bom ou mau. Deve ser bom, não?
Off now...

Mais Compras

Já não ia à Piranha há quase um ano, para não parecer que vou lá só para meter nojo, trouxe mais alguns cds marotos. Comprei também mais um livro do Allan Poe :) Foi a primeira vez que comprei algo num alfarrabista, a ver se repito por que encontrei lá muita coisa interessante. Os cds:





quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

As Reservas De Chocolate Estão A Acabar

Esta informação super pertinente é-me dada por quase todas as gajas que não conseguem fazer nada sem estarem a comer uma tabelete de chocolate, estudar, ver televisão, defecar...


Se o chocolate está a acabar é por causa de pessoas como vocês, DAMN YOU!

Eu Preciso De Dormir!


Nunca fui pessoa de dormir até ao meio-dia, mas sempre gostei de estar na cama, ainda para mais com o frio que tem estado. Depois de meses a acordar às seis e meia da manhã seria bom aproveitar o quentnho nem que fosse por mais uma hora. Seria, por que pelos vistos, não é. 
Dou por mim sem sono nenhum às onze e tal da noite, hora a que costumo ir dormir, trabalhe ou não, e hoje, por exemplo, eram cinco e tal da manhã e já estava acordado, dei voltas e voltas na cama, dei conta de o meu pai sair para ir trabalhar e só depois é que vim para aqui , para não parecer muito agarrado...

terça-feira, 18 de Novembro de 2014

Não Há Coincidências

O meu pai trouxe-me o "100 Anos de Solidão" de Gabriel García Márquez...
Só o nome do livro foi o suficiente para me deixar deprimido... Parece o título da história da minha vida...


Winter Is Back!


Ainda hoje ao almoço o Semhor meu pai se queixava do frio. Só me apetecia bater-lhe. O frio é tão bom... Digo isto por que ainda não fui trabalhar para a beira-rio com estas temperaturas. Provavelmente irei congelar antes de poder vir aqui dizer-vos o quão frio está por aquelas bandas. Mas, enquanto estiver em casa, o Inverno é a minha estação favorita, e estes dias gelados aquecem-me a alma. Aquecem-me tudo menos as mãos, ando sempre com as mãos frias. No entanto, vocês já devem ter ouvido o que se diz sobre as pessoas que têm as mãos frias: " mãos frias, coração quente, amor para sempre!" . Não que eu acredite muito nisso, visto que ainda continuo solteiro [bom rapaz é que nem por isso].