sexta-feira, 29 de maio de 2015

Comprando Uma Impressora

Ao ver o preço da impressora que comprei para substituir a que avariou cá em casa, diz o Senhor meu pai:

"- Pensei que fosse ser mais cara..."


Bitch u serious? Eu é que a paguei e foi bem cara!


Kelly Clarkson - Invincible [Video]

Little Mix - Black Magic [Video]

Definindo Prioridades

Num rasgo de curiosidade mórbida e seguindo os conselhos de quem me quer bem (conselhos esses que só vi depois de fazer as coisas) encontrei-me com o A.



Não cometi a grande asneira de dizer-lhe que não me interessava... por que desde o momento em que começámos a falar percebi que sim, que ele me interessava. Falta é arranjar um nome para esse interesse. Por que quando as pessoas se interessam por vocês quando vocês estão na merda, e mesmo assim vos tecem 1001 elogios e falam disto e daquilo, como se já nos conhecessem o cu, é preciso ter medo.


Eu não quero envolver-me com ninguém só por que sim, para tapar um buraco.  As pessoas dizem sempre que nos dão o tempo que precisarmos. Mas neste momento eu não precisava de tempo, precisava de outra coisa qualquer. Nem eu sei bem o quê.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Como Balançar Desejo, Expectativas, Mágoas E Outras Coias Que Caibam Na Balança

Ainda nem sequer se passou um mês desde que o N me deu oficialmente com os seus pés invisíveis e eu estava dividido entre a vontade de  encontrar alguém que me fizesse esquecer isto tudo e a vontade de desistir dos homens e virar hetero, ou ir para padre. E depois, pumba, aparece o A, com, quase o mesmo paleio do N e eu com aquela sensação de déjà fu, a sensação de que já me fodi com aquilo antes. E é claro que o A nota e me pergunta:


Entre os muitos defeitos que eu tenho, conta-se o de não conseguir esconder muitas coisas. E tive de lhe dizer o porquê, não todo, mas parcial de andar com o pé atrás. Acho ingrato ter de dizer as coisas quando as pessoas parecem só nos querer bem, mas fazer o quê? As coisas estavam a correr PELO MESMÍSSIMO caminho que correram com N, e se eu gosto da atenção que o A me tem dispensado, sei que a atenção do N foi para a fossa com duas tretas.


Ao menos ainda não cometi a asneira de lhe dizer que ele não me interessa. Claro que me interessa. Falta é saber se me interessa por ele ou para me fazer esquecer de outro qualquer.

Stream Of Passion - I Have A Right [Video]

terça-feira, 26 de maio de 2015

As Mudanças E As Pessoas


Uma pessoa que nos faça mudar para pior, voluntária ou involuntariamente, na maioria das vezes não irá estar nas nossas vidas, e tão pouco se irá interessar, pelas mudanças que operou nelas. O mais estúpido de tudo isto é ainda vivermos na esperança de, num futuro próximo, essa pessoa que nos fez mudar, se venha a interessar novamente por nós e note as diferenças que ocorreram desde a última vez que nos viu. É triste mudar-se por uma pessoa que nos fez mal, mas provavelmente se não o fizéssemos iriam vir outras tantas que nos fariam tão mal ou pior do que a primeira. E virão muitas outras a querer o nosso bem, e essas irão ser igualmente escorraçadas só por que temos medo que nos façam mal.

segunda-feira, 25 de maio de 2015